Dissertação

Spintronic antennas for energy harvesting from power lines EVALUATED

A captação de energia por radiofrequência (RF) de fontes ambientais é uma solução promissora para alimentar futuras redes sem fio e desenvolver sensores auto-alimentados com base na captação de energia, permitindo sistemas de detecção de longo prazo e sem a necessidade de manutenção. Os sensores magnetoresistivos (MR) têm sido amplamente utilizados para a detecção e medição de campos magnéticos, beneficiando da alta sensibilidade na medição de campos magnéticos, pequenas dimensões, custo reduzido e capacidade de integração. Uma antena auto-alimentada integrada com um sensor spin-valve foi optimizada e microfabricada. Para as previsões analíticas, o dispositivo foi alimentado por um campo magnético externo alternado transversal ao plano da antena, com uma amplitude de Bext = 10 uT e frequência 10 MHz. Além disso, o dispositivo também é capaz de detectar um campo magnético externo DC e AC. A antena foi baseada em uma bobina plana, com uma área máxima de 12 mm^2 e o sensor SV alcançou uma sensibilidade máxima de 6,3 Ohm/Oe. Através das simulações, a variação da diferença de potencial do sensor SV devido a um campo magnético DC externo com amplitude B = 1 mT, pode atingir um valor máximo de 2,5 uV para os parâmetros geométricos optimizados. Também foi realizada uma caracterização DC, onde se observou que a antena com geometria circular apresentava a menor resistência, o que teoricamente conduz a uma melhor performance do dispositivo.
Antena Spintronica, Captação de Energia, Sensor Spin Valve, Indução Electromagnética.

Novembro 20, 2019, 14:0

Documentos da dissertação ainda não disponíveis publicamente

Orientação

ORIENTADOR

Susana Isabel Pinheiro Cardoso de Freitas

Departamento de Física (DF)

Professor Associado

ORIENTADOR

Rita Joana dos Santos Macedo

INESC-MN

Investigador Auxiliar