Dissertação

ISTTOK Plasma Tomography Using Minimum Fisher Regularization EVALUATED

Foi desenvolvido um algoritmo de tomografia de plasma para o tokamak ISTTOK. O algoritmo é uma aplicação da Regularização de Mínimo de Fisher e foi implementado e distribuído como um pacote em python. A tomografia de plasma é um problema de inversão mal condicionado. Os algoritmos de reconstrução tentam superar esta adversidade introduzindo conhecimento a priori sobre a solução, o que requer ajuste empírico. Em geral, estes algoritmos são validados com fantomas artificiais ou com informação proveniente de outros diagnósticos. Neste trabalho, desenvolveu-se um aparto experimental que permite o uso de fantomas físicos para calibrar e validar o algoritmo de reconstrução implementado, permitindo também a comparação entre duas implementações diferentes no que toca à descrição matemática da amostragem espacial. Uma possível aplicação do diagnóstico tomográfico é demonstrada calculando a posição do plasma e observando o desvio de Shafranov.
Tomografia de plasma, Mínimo de Fisher, Regularização Tikhonov, Tokamak, Diagnósticos de Plasmas.

Novembro 21, 2019, 11:0

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

Diogo Manuel Ribeiro Ferreira

Departamento de Engenharia Informática (DEI)

Professor Auxiliar

ORIENTADOR

Horácio João Matos Fernandes

Departamento de Física (DF)

Professor Associado