Dissertação

Coherent XUV Imaging EVALUATED

Radiação coerente, na gama do ultravioleta extremo (XUV) e raios-X, está a revolucionar o conceito de imagiologia, permitindo a realização de técnicas de imagem coerente, com resoluções nanométricas, em escalas de tempo ultra-curtas. Apesar do potencial destas técnicas ser amplo, a sua qualidade é, muitas vezes, comprometida pelas discrepâncias entre a realidade e os algoritmos de reconstrução, que sempre assumem ondas planas/ esféricas puras a iluminar a amostra. Nesta dissertação, um estudo de holografia em-linha é realizado, completado por uma caracterização dos efeitos das aberrações nas reconstruções. Alterações aos métodos de simulação atuais são propostas, a fim de incluir as aberrações e, desta forma, permitir a sua correção na reconstrução. Objetos são reconstruídos, com sucesso, computacional e experimentalmente, corrigidos da respectiva aberração. Experimentalmente, uma resolução de cerca de 29,1 um é alcançada, com um laser HeNe de 635 nm. Um estudo de resolução versus contraste é, igualmente, apresentado, numa simulação de holografia de Fourier, enriquecido por uma experiência prova-de-conceito, realizada, também, na faixa do visível. Resoluções de 53 um são alcançadas. Finalmente, o trabalho experimental desenvolvido no Laboratoire d'Optique Apliquée, é também discutido. Uma das fontes mais promissoras de XUVs, a geração de altas harmónicas, é obtida com sucesso, através da focagem de um laser Ti:Safira ultra-intenso, numa célula de argon. Harmónicas de 32 nm são isoladas do espectro gerado e focadas com uma geometria Kirkpatrick-Baez. Um foco de 5 um foi alcançado, após optimização do sistema, com recurso a um sensor de frentes-de-onda. Medições de aberrações são, igualmente, apresentadas.
Holografia em-linha, Holografia de Fourier, Imagiologia Coerente, Compensação de Aberrações Ópticas, Geração de Altas Harmónicas, Ópticas de Ultravioleta Extremo

Novembro 13, 2015, 9:0

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

Marta Leitão Mota Fajardo

Instituto de Plasmas e Fusão Nuclear (IPFN)

Professor Associado Convidado