Dissertação

Gestão de Potência em Células Fotovoltaicas Orgânicas em Tecnologia CMOS EVALUATED

O aumento da diversidade de sistemas elétrónicos portáteis de baixa potência tem levado à procura de fontes de energia que consigam substituir o uso de baterias. O conceito de energy harvesting surge, assim, como uma forma de alimentação disponível de baixo custo, que visa a substituição dos meios convencionais, apesar das condicionantes de potência disponíveis. O objetivo deste trabalho é o estudo e concretização de um protótipo de unidade de gestão de potência, que estabelece a conversão da tensão fornecida por uma célula fotovoltaica orgânica, para alimentar uma carga com uma tensão padrão de 1.2V. Este trabalho propõe a concretização da conversão através de um conversor Boost em modo de condução descontínua, controlado por um bloco funcional baseado num oscilador de muito alta frequência, a 1.2GHz. A proposta é totalmente integrada num processo CMOS de 130nm, sem elementos magnétidos externos. O presente trabalho mostra esta concretização para o circuito alimentado com a OPV, sem fontes externas, para atingir uma tensão de saída regulada de 1.2V, para um valor nominal de entrada de 0.5V.
Muito-baixa tensão, Gestão de Potência, Conversor Boost, CMOS, Recolha de Energia

Janeiro 26, 2021, 9:30

Documentos da dissertação ainda não disponíveis publicamente

Orientação

ORIENTADOR

Maria Beatriz Mendes Batalha Vieira Vieira Borges

Departamento de Engenharia Electrotécnica e de Computadores (DEEC)

Professor Aposentado

ORIENTADOR

Pedro Nuno Mendonça dos Santos

Academia Militar

Professor Adjunto