Dissertação

Sistemas de Informação para Museus do IST EVALUATED

Atualmente, a maioria dos museus são suportados por uma base digital, mesmo preservando um suporte físico de documentação. Uma abordagem que não está implementada de forma eficaz nos museus do Instituto Superior Técnico, quer em aplicações e portais Web, quer numa base de dados consistente e fiável. Assim, o objetivo consiste em estudar como evoluir aproveitando a tecnologia existente atualmente. Foi assim desenvolvido - através de recurso a um framework para museus: Omeka S - um módulo ligado a software denominado ISTCIDOC. Este módulo permite implementar uma série de funcionalidades, entre as quais: padronizar, segundo normas CIDOC, uma ontologia própria para o museu DECivil; e uma série de interfaces gráficas para o utilizador do museu criar/editar/apagar um item com a respetiva metadata. Em adição, foi criada uma nova entidade no Omeka: Localização, seguindo a implementação numa biblioteca online própria dos espaços situados no Técnico. Este módulo foi baseado noutros módulos disponíveis para o Omeka S, incluindo o próprio módulo interno deste. Assim, como objetivos deste trabalho, temos a futura integração do museu DECivil na Rede Portuguesa de Museus. Algo que ajudará numa melhor divulgação e reconhecimento dos museus do Instituto Superior Técnico, e trazer mais consciência para a população da existência de património desta faculdade.
base de dados, Omeka S, módulo, metadata, Rede Portuguesa de Museus, museu DECivil

Julho 2, 2019, 18:0

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

Ana Paula Filipe Tomé

Departamento de Engenharia Civil, Arquitectura e Georrecursos (DECivil)

Professor Auxiliar

ORIENTADOR

João Nuno De Oliveira e Silva

Departamento de Engenharia Electrotécnica e de Computadores (DEEC)

Professor Auxiliar