Dissertação

Video-Based Risk Assessment for Cyclists EVALUATED

Devido a ser um meio de transporte com zero emissões poluentes, ter benefícios para a saúde e a sua facilidade de acesso, a popularidade das bicicleta está a aumentar nos dias que correm. Contudo, o número de acidentes onde estão envolvidas bicicletas e consequentes fatalidades parece não estar a diminuir. Por isso, é importante que se devsenvolva um método que consiga analisar quão seguro este meio de transporte é, para que planeadores urbanos consigam desenvolver melhores estruturas e redes para bicicletas, como ciclovias, de modo a promover uma melhor segurança para os ciclistas. Com isto, é a partir de dados e vídeos capturados por um smartphone que propomos um método que consiga avaliar situações perigosas para os ciclistas. Explorando o movimento numa sequência de imagens (fluxo óptico) conseguimos estimar o Foco de Expansão e usamos este Foco para definir áreas de perigo na imagem. Depois, usando estas regiões é criado um descritor de perigo com base nos diferentes objectos detectados na imagem para uma dada situação. Deste modo, o noso método permite definir diferentes critérios de perigo (Ocupação de via, Proximidade) com base no descritor de perigo criado. Finalmente, testamos o nosso método de avaliação de perigo em imagens capturadas pelo smartphone e concluímos com resultados muitos promissores.
Ciclista, Análise de Risco, Foco de Expansão, Fluxo Óptico, Dados de Smartphone, Visão por Computador

Maio 22, 2017, 14:0

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

Manuel Ricardo De Almeida Rodrigues Marques

Polo IST-ISR (CC. 1601)

Doutor

ORIENTADOR

João Paulo Salgado Arriscado Costeira

Departamento de Engenharia Electrotécnica e de Computadores (DEEC)

Professor Associado