Dissertação

Evaluation of Train Communications in Bridges and other Metallic Structures EVALUATED

O objectivo deste trabalho foi desenvolver um modelo capaz de analisar o efeito de uma ponte metálica em diferentes sistemas de telecomunicações a operar nas bandas de frequências dos 900 (GSM), 2600 (LTE) e 5900 MHZ (WiFi/BBRS), para diferentes cenários de vias férreas. A estratégia adoptada neste trabalho prende-se directamente com dois módulos principais. O primeiro trata-se simplesmente de implementação de modelos de propagação para calcular perdas de propagação em vários cenários. A novidade desde trabalho vem com o segundo módulo, que consiste num modelo eletromagnético baseado no software CST com o principal objetivo de analisar as perdas de penetração através de uma ponte metálica. O modelo é desenvolvido com base numa ponte real e diferentes configurações foram testadas de modo a chegar a um compromisso entre uma representação precisa do problema e recursos computacionais limitados. É então possível estimar distâncias máximas de comunicação para certas configurações, assim como degradações de desempenho devido à inclusão da obstrução sob a forma de ponte metálica. No que se refer a GSM, cenários de viaducto têm perdas entre 19% e 44% relativamente a distâncias máximas de comunicação, enquanto que outros cenários podem ver estas distâncias reduzidas desde 45% até 56%. Para o caso do BBRS é concluído que as distâncias actualmente usadas, da ordem dos 300 m, entre estações base são conservativas. Este é também o cenário onde se observam as maiores reduções no que toca a distâncias máximas de comunicação, em cerca de 86%.
Via Férreas, Pontes Metálicas, Perdas de Propagação, CST, Ritmo de Transmissão.

Novembro 14, 2018, 11:30

Documentos da dissertação ainda não disponíveis publicamente

Orientação

ORIENTADOR

Luís Manuel De Jesus Sousa Correia

Departamento de Engenharia Electrotécnica e de Computadores (DEEC)

Professor Associado