Dissertação

Application of Dilation Invariance Principle in Eddy-Current Nondestructive Testing EVALUATED

O objetivo deste trabalho é provar que é possível medir os mesmos campos magnéticos, pelo princípio da invariância de dilatação, aplicando este princípio em ensaios não destrutivos utilizando correntes de Foucault. De acordo com este princípio, a dilatação dos parâmetros dimensionais e elétricos de uma sonda e de uma placa condutora com defeito reproduz o mesmo campo magnético que foi produzido por uma sonda e uma placa condutora com defeito sem dilatação. Isso significa que é possível avaliar o estado dos materiais condutores utilizados em industriais específicas (em que os materiais são de grande dimensões), realizando ensaios num modelo em escala mais pequeno num laboratório. Os resultados experimentais e de simulação mostraram um bom desempenho na detecção de defeitos em material condutor usando duas sondas baseadas no princípio das correntes de Foucault, das quais uma é a versão dilatada da outra. O trabalho tem suporte analítico considerando um caso mais simples de uma geometria axialmente simétrica, sem defeito. As equações resultantes da densidade do fluxo magnético são avaliadas numericamente usando a técnica de integração numérica de Monte Carlo.
ECT, ensaios não destrutivos, princípio da invariância da dilatação, campo Magnético, Potencial magnético, correntes de Foucault.

Julho 5, 2017, 10:0

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

Artur Fernando Delgado Lopes Ribeiro

Departamento de Engenharia Electrotécnica e de Computadores (DEEC)

Professor Associado

ORIENTADOR

Helena Maria Dos Santos Geirinhas Ramos

Departamento de Engenharia Electrotécnica e de Computadores (DEEC)

Professor Associado