Dissertação

Friendship-based Routing Protocol for Delay Tolerant Networks EVALUATED

As Redes Tolerantes a Atrasos são caracterizadas por não possuírem ligações ponto-a-ponto permanentes, levando a que as conexões sejam geralmente intermitentes e sujeitas a longos e variáveis atrasos, assim como a uma taxa elevada de erros. As Redes Móveis Sociais são cenários particulares em que os nós são pessoas que carregam consigo dispositivos portáteis que comunicam sem-fios com outros desde que estejam dentro do alcance. O objectivo desta dissertação foi desenvolver um protocolo de encaminhamento ajustado a esse cenário que explora a Amizade como propriedade social. Ao protocolo desenvolvido atribuiu-se o nome de Friendship. O protocolo permite que os nós considerem outros como amigos caso detectem que os seus contactos são frequentes, regulares e de longa duração. As mensagens, por sua vez, só são enviadas para amigos do nó destinatário da mensagem. Para avaliar o desempenho do protocolo, usou-se o simulador the ONE. O desempenho do Friendship foi analisado e equiparado a outros três protocolos para diferentes cargas de rede. O Friendship não foi ultrapassado em termos de taxa de entrega, ao passo que em termos de overhead superou a concorrência para todas as cargas. Foi também proposta uma versão alternativa do Friendship em que o limiar de amizade passa a ser uma porção do peso do melhor amigo, atribuindo dinamismo a este parâmetro, dado que o peso de cada amizade varia com o tempo. Esta versão obteve resultados semelhantes, com excepção do overhead que diminuiu para cerca de metade em relação à primeira.
Redes Tolerantes a Atrasos, Redes Sociais Móveis, Protocolo de encaminhamento, Amizade, Friendship, Simulador The ONE

Novembro 30, 2017, 14:0

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

Paulo Rogério Barreiros D'Almeida Pereira

Departamento de Engenharia Electrotécnica e de Computadores (DEEC)

Professor Auxiliar