Dissertação

Social Routing Protocol for Delay Tolerant Networks EVALUATED

As Redes Tolerantes a Atrasos são caracterizadas por não terem conexões extremo a extremo permanentes e nesse sentido apresentam atrasos longos e variáveis, taxas de erros elevadas e conectividade intermitente. Nessas redes, uma mensagem enviada de um ponto para outro pode demorar minutos, semanas ou meses. O objetivo desta dissertação foi desenvolver um novo protocolo de encaminhamento com características sociais para este tipo de cenários. Ao protocolo foi dado o nome de FinalComm. Este protocolo permite que os nós construam uma visão das comunidades existentes na rede. Assim, sempre que um nó tem de decidir se envia uma mensagem para outro nó, ele será capaz de perceber se esse outro nó tem maior probabilidade de encontrar o destino da mensagem ou um nó da comunidade do destino do que ele. Para avaliar o desempenho deste protocolo, foi escolhido o The ONE Simulator. Dois cenários foram usados e o desempenho do FinalComm foi comparado com outros quatro protocolos nas mesmas condições. No final, o protocolo FinalComm foi aquele que alcançou uma maior taxa de entrega e um menor número de réplicas por mensagem. Para chegar a estes resultados, múltiplas simulações foram realizadas, uma vez que este protocolo tem um parâmetro (commfamiliar) que necessita de ser afinado para cada cenário testado. Foi ainda desenvolvido um mecanismo dinâmico, em que o FinalComm é capaz de alterar o valor de commfamiliar durante as simulações, adaptando-se automaticamente a um cenário. Os resultados mostram que a taxa de entrega é igualmente alta, mas o overhead aumentou.
Redes Tolerantes a Atrasos, Protocolo de Encaminhamento, FinalComm, Comunidades, Mecanismo Dinâmico, The ONE Simulator

Novembro 25, 2016, 17:0

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

Paulo Rogério Barreiros D'Almeida Pereira

Departamento de Engenharia Electrotécnica e de Computadores

Professor Auxiliar