Dissertação

Medição de Resistências de Terra EVALUATED

Historicamente, a medição de resistências de terra tem sido difícil, cara e, em alguns casos, imprecisa. Novos métodos de teste, novos equipamentos de medição e o melhoramento de métodos de análise de resultados foram surgindo com a evolução tecnológica, tornando-se importante fazer um compilamento dos métodos existentes e aplicados nos diferentes países, de modo a tentar uniformizar a metodologia usada e a legislação aplicável em cada país. É realizada uma revisão das leis e normas de segurança existentes, realçando as mais relevantes, para um bom dimensionamento de um sistema de terras e requisitos a cumprir, por parte das instalações já existentes e por construir. São analisadas as metodologias de medição de resistências de terra, resistividade do solo e campo elétrico, praticadas em Portugal e aconselhadas pela legislação e normas existentes. As boas práticas são também realçadas. Posto isto, são efetuadas no terreno, a realização de medições de resistência de terra, tanto para uma subestação como para um apoio de uma linha aérea de transmissão de energia, utilizando diferentes métodos. No caso da subestação, mediu-se também a elevação do campo elétrico e também a resistividade do solo.
Sistemas de Terra, Resistividade, Resistência de terra, Elétrodos, Campo Elétrico.

Novembro 27, 2019, 13:30

Documentos da dissertação ainda não disponíveis publicamente

Orientação

ORIENTADOR

Luís Miguel Rocha

Labelec

Engenheiro

ORIENTADOR

Maria Teresa Nunes Padilha de Castro Correia de Barros

Departamento de Engenharia Electrotécnica e de Computadores (DEEC)

Professor Associado