Dissertação

Incidência de Descargas Atmosféricas em Turbinas Eólicas EVALUATED

O número de eventos nocivos em uma turbina eólica, por ano, devido à incidência de descargas atmosféricas, é um valor de grande importância para a avaliação de risco a que uma turbina eólica está sujeita quando atingida por descargas atmosféricas. A incerteza associada à sua determinação pode resultar em uma avaliação de risco incorreta e, consequentemente, em um sistema de proteção contra descargas atmosféricas menos eficaz. De forma a diminuir a incerteza associada ao número de eventos nocivos em uma turbina eólica calculado por CEI 61400-24: 2010, a presente dissertação propõe a utilização de um programa computacional (“LINC”), capaz de reconhecer os fenómenos físicos relativos à descarga atmosférica (contrariamente à norma), para calcular o raio de atração de uma turbina eólica, sendo este último utilizado para calcular o número de eventos nocivos em uma turbina eólica. Após analisar a viabilidade de “LINC”, o programa é aplicado a um caso prático aproximado a uma turbina eólica real, para diferentes situações, sendo posteriormente comparado o raio de atração de uma turbina eólica obtido por este com aquele obtido por CEI 61400-24: 2010. Adicionalmente, as grandezas físicas consideradas por “LINC” são estudas de modo a perceber qual a influência que cada uma exerce sobre o raio de atração. Os resultados obtidos confirmam a necessidade de abordagens alternativas àquela sugerida por CEI 61400-24: 2010 para calcular o raio de atração de uma turbina eólica, nomeadamente, abordagens que considerem a influência de fenómenos físicos associados à descarga atmosférica.
Turbina Eólica, Proteção, Descarga Atmosférica, Raio de Atração, Fenómenos Físicos.

Novembro 27, 2018, 11:0

Documentos da dissertação ainda não disponíveis publicamente

Orientação

ORIENTADOR

Maria Teresa Nunes Padilha de Castro Correia de Barros

Departamento de Engenharia Electrotécnica e de Computadores (DEEC)

Professor Associado