Dissertação

A model for temporal variations in the output of solar PV power plants EVALUATED

A natureza intermitente da energia solar fotovoltaica pode provocar sérias complicações na operação da rede elétrica quando existe uma grande capacidade fotovoltaica instalada numa determinada zona. O método que usa a wavelet transform é o melhor candidato para simular as variações de irradiância média que existem numa zona com grande penetração fotovoltaica. A base deste método consiste em utilizar a wavelet transform para decompor o sinal de irradiância normalizado medido no sensor. Este sinal é decomposto em wavelet modes discretos a diferentes escalas temporais. Depois, utilizando o conceito de Variability Reduction (VR) é possível simular os wavelet modes de todo a área em estudo, a partir dos wavelet modes de um único sensor. Para validar este modelo, é preciso usar duas abordagens para estudar detalhadamente a proximidade da irradiância média no local e a irradiância média prevista pelo modelo. A primeira abordagem é estudar a densidade espectral do sinal a diferentes frequências (Fpis). Enquanto que a segunda abordagem se foca nos padrões de desvios de irradiância em horizontes temporais pretendidos (RRs). A irradiância de um único sensor irá ser incluída para a análise para se observar a melhoria ao usar este método. Provou-se que mudanças bruscas na irradiância podem induzir variações indesejáveis na tensão do lado DC que podem ser prejudiciais a certos equipamentos e quando passam para o lado AC através do inversor podem também provocar injeção ou absorção indesejável de potência reativa na rede elétrica.
Fotovoltaico, Intermitência Solar, WTM, Desvios de potência, Redução geográfica, Integração na rede

Junho 21, 2018, 11:0

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

José Manuel Dias Ferreira de Jesus

Departamento de Engenharia Electrotécnica e de Computadores (DEEC)

Professor Associado