Dissertação

Small production units: Does law impair generation and financial viability? EVALUATED

A legislação portuguesa contempla dois perfis de geração de energias renováveis: Unidades de Produção para Auto-consumo (UPAC) e Unidades de Pequena Produção (UPP). A potência de ligação das UPP está legalmente limitada à potência contratada. Tendo em conta que a potência contratada é, muita vezes, inferior ao potêncial de geração das residências (especialmente as rurais) levantam-se questões sobre a viabilidade financeira e energética destes projetos. O presente trabalho debruça-se sobre viabilidade financeira e energética de sistemas fotovoltaicos em regime de UPP desenvolvidos tendo em conta as limitações legais portuguesas versus explorando ao máximo o recurso solar. Para tal, são dimensionados três sistemas fotovoltaicos com ajuda de imagens de satélite e software especializado em modelação 3D de construções. Dois destes projetos são desenvolvidos com o objetivo de aproveitar ao máximo o recurso solar na propriedade sem deixarem de ser realistas. O terceiro projeto é desenvolvido de acordo com os limites legais. Verifica-se que o projeto desenhado para aproveitar ao máximo a energia solar através de vidro fotovoltaico apresenta um valor atualizado líquido (NPV) negativo , logo é inviável. Os restantes projetos apresentam custo da energia produzida e NPV muito semelhantes. O projecto desenhado de acordo com a lei apresenta menor investimento inicial e menor período de retorno. A diferença de produção entre projectos não é significativa. Conclui-se que a lei portuguesa não invialibiza os projectos fotovoltaicos domésticos em regime UPP e que não impede que o potencial energético dos edifícios seja explorado com sucesso.
Unidades de Pequena Produção, Projeto Fotovoltaico, Viabilidade Financeira, Produção Energética, Sistema Fotovoltaico Residencial

Outubro 6, 2020, 15:0

Documentos da dissertação ainda não disponíveis publicamente

Orientação

ORIENTADOR

João Paulo Neto Torres

Departamento de Engenharia Electrotécnica e de Computadores (DEEC)

Professor Auxiliar Convidado

ORIENTADOR

Carlos Alberto Ferreira Fernandes

Departamento de Engenharia Electrotécnica e de Computadores (DEEC)

Professor Aposentado