Dissertação

Inference of pronunciation difficulty from non-native data EVALUATED

A empresa ELSA Corp. desenvolveu um sistema que auxilia os seus utilizadores a melhorar o seu sotaque Inglês Americano. De forma a criar exercícios apropriados ao nível de proficiência dos seus utilizadores, torna-se importante desenvolver uma métrica capaz de avaliar automaticamente a dificuldade dos seus exercícios, de acordo com o nível de proficiência do utilizador. Assim, o objetivo da nossa tese é desenvolver um sistema capaz de determinar automaticamente a dificuldade que um estudante Vietnamita de Inglês, com um determinado nível de proficiência, terá em pronunciar uma determinada frase. O nosso modelo utiliza redes neuronais de forma a auxiliar o cálculo das probabilidades associadas a quão corretamente um utilizador pronunciará um certo fonema da frase. Essas probabilidades serão depois utilizadas de forma a calcular a pontuação de dificuldade para cada fonema e para a frase. No final, teremos um sistema que recebe como entrada uma frase e o nível de proficiência do utilizador. A partir destes dados, o sistema produz pontuações associadas à dificuldade de pronúncia para a frase e para cada um dos seus fonemas.
Dificuldade de pronúncia, Fonemas, Redes Neuronais, "Computer Aided Pronunciation Training"

Janeiro 28, 2021, 9:30

Documentos da dissertação ainda não disponíveis publicamente

Orientação

ORIENTADOR

Xavier Anguera

ELSA

Doutorado

ORIENTADOR

Isabel Maria Martins Trancoso

Departamento de Engenharia Electrotécnica e de Computadores (DEEC)

Professor Catedrático