Dissertação

WiseImplant EVALUATED

Muitos dos implantes médicos de hoje em dia necessitam de uma transmissão simultânea e contínua de energia e de informação. Uma das formas mais utilizadas para o alcançar é através do acoplamento magnético. Estas ligações magnéticas são compostas por duas bobinas, uma no exterior (primária) e outra implantada no corpo (secundária). Uma onda portadora é modulada e enviada do exterior para o implante para posteriormente ser processada para a extração de energia e informação. O contrário também é possível, normalmente para saber o estado do implante ou para receber informação recolhida pelo mesmo através de sensores. Neste projeto foi feita a simulação de um link indutivo com um amplificador e dois modems para comunicação. Foi realizado um estudo deste link para obter informação relativamente à potência e à largura de banda do sinal entregue ao implante com a variação do fator de acoplamento, k, e da impedância do implante, R, dois parâmetros que podem sofrer modificações e desta forma danificar a transmissão. Sabendo o comportamento do link com estas variações, uma forma de obter esta informação sem recorrer ao sistema secundário (parte implantada no corpo) é apresentada.
Implantes Médicos, Acoplamento Magnético, Transmissão de Energia, Transmissão de Informação, Factor de Acoplamento, Impedância do Implante

Novembro 14, 2018, 11:0

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

José António Beltran Gerald

Departamento de Engenharia Electrotécnica e de Computadores (DEEC)

Professor Auxiliar

ORIENTADOR

Gonçalo Nuno Gomes Tavares

Departamento de Engenharia Electrotécnica e de Computadores (DEEC)

Professor Auxiliar