Dissertação

Falência e stress financeiro em PPP: uma análise ao caso português EVALUATED

As Parcerias Público-Privadas (PPP) são uma ferramenta cada vez mais comum na conceção de infraestruturas ou serviços públicos. Ao conjugar a eficiência e rigor, tipicamente característicos do setor privado, com a necessidade de reforma e desenvolvimento de diversas áreas de interesse público, os estados viram nas PPP uma resposta à escassez de recursos, obtendo uma alternativa ao modelo tradicional. Nesse sentido, diversos projetos PPP foram considerados viáveis ou bem-sucedidos, seja pela sua rentabilidade financeira, pela sua utilização pública ou por terem representado menores custos para o Estado, mantendo a qualidade e o conhecimento setorial muitas vezes superior no privado. Por outro lado, muitos projetos PPP foram considerados casos de insucesso, seja pelos elevados custos que representaram, pela reduzida rentabilidade, pela reduzida utilidade pública ou até pelo deficiente desempenho privado. Com este estudo, pretende-se assim, estudar e avaliar dois casos de insucesso financeiro em PPP rodoviárias, isto é, de falência técnica ou stress financeiro, evidenciando e justificando quais os fatores que os conduziram a tal situação. Os casos em estudo são a Concessão Litoral Centro e a Concessão Douro Litoral, duas concessões rodoviárias cujas caraterísticas permitem concluir sobre o domínio das PPP rodoviárias, nomeadamente os fatores de sucesso/ insucesso tipicamente comuns a diversos projetos deste cariz.
Parcerias Público-Privadas, falência técnica, stress financeiro, critérios de sucesso, infraestruturas de transporte rodoviário

Julho 1, 2020, 14:30

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

Carlos Paulo Novais Oliveira da Silva Cruz

Departamento de Engenharia Civil, Arquitectura e Georrecursos (DECivil)

Professor Auxiliar