Dissertação

Tidal Farm Electric Energy Production in the Tagus River EVALUATED

O crescimento populacional e consequente aumento do consumo de energia mundial solicitou o Mundo a procurar novas formas de energias renováveis que pudessem reduzir a nossa dependência em combustíveis fósseis, de forma a salvaguardar o Ambiente da ameaça iminente das alterações climáticas. A energia das marés é uma das mais esperançosas soluções para substituir e diversificar parte do fornecimento de energia. Isto deve-se à elevada previsibilidade das marés e da imaturidade das soluções tecnológicas quando comparadas a outras fontes de energia renovável, dado que se trata de um mercado inexplorado com espaço para desenvolvimento. A ambição principal deste trabalho é explorar a viabilidade de alimentação das zonas urbanas ribeirinhas, nomeadamente Oeiras e Lisboa, através da energia das marés do estuário do Tejo. Tal é alcançado com a modelação do estuário do rio Tejo através do MOHID, um software de modelação hidrodinâmica desenvolvido pelo MARETEC, no Instituto Superior Técnico. Diferentes simulações foram feitas, para diferentes descargas do rio, para determinar o comportamento de uma hipotética “tidal farm” ao longo de um ano. Foram usados dois modos de cálculo para estimar a energia que esta solução produziria – um através do uso de equações teóricas para prever a produção de energia de um campo de aproveitamento de energia das marés, e outro através do uso de uma ferramenta incorporada no MOHID para determinar a produção de energia de uma turbina. No fim, uma avaliação económica de tal solução com base nos custos atuais de energia das correntes de marés é apresentada.
Energia das marés, Conversor da Energia das Marés (TEC), Custo Nivelado de Energia (LCOE), MOHID, Turbina das marés, Simulação

Junho 25, 2019, 16:0

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

Manuel Guilherme Caras Altas Duarte Pinheiro

Departamento de Engenharia Civil, Arquitectura e Georrecursos (DECivil)

Professor Auxiliar

ORIENTADOR

Francisco Javier Campuzano Guillen

Maretec (CC. 1711)

Investigador Auxiliar Convidado