Dissertação

Impacte de quebra-mares destacados submersos na morfologia adjacente EVALUATED

A importância das zonas costeiras em Portugal implica uma necessidade de respostas aos riscos associados à erosão. Um exemplo é o trecho costeiro localizado entre as embocaduras dos rios Mondego e Lis, que têm sido alvo de diversas ações de proteção, como a construção de esporões. Soluções como esta conduziram à artificialização desta zona, resultando em mudanças significativas na paisagem costeira. Uma alternativa é o quebra-mar destacado submerso, que permite a proteção da costa e a melhoria do surf, sem afetar a amenidade e estética da costa. Assim, neste estudo analisou-se a morfodinâmica resultante da interação onda - quebra-mar - fundo arenoso na zona ativa da praia localizada na vizinhança deste tipo de estrutura através da aplicação de dois modelos numéricos: o sistema Delft3D na versão bidimensional no plano horizontal e o modelo LITLINE. Estes foram aplicados para condições típicas de agitação marítima (onda média e mais frequente) e geomorfologia da zona em estudo. Com recurso ao Delft3D efetuou-se uma análise de sensibilidade aos parâmetros de dimensionamento do quebra-mar na resposta morfológica da praia. Os resultados da geometria em planta da praia foram comparados com os do LITLINE. Verificou-se que o Delft3D reproduz os padrões de circulação na vizinhança da estrutura, e entre esta e a linha de costa (LC), que condicionam a evolução da LC. Pelo contrário, as simplificações admitidas pelo LITLINE não permitem representar os fenómenos físicos dominantes na vizinhança do quebra-mar. Esta análise servirá de apoio a projetos para implementação deste tipo de obra na zona considerada.
Modelação Numérica, Delft3D, Quebra-mares submersos, Processos costeiros, Erosão, Figueira da Foz

Janeiro 28, 2019, 17:0

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

António Alexandre Trigo Teixeira

Departamento de Engenharia Civil, Arquitectura e Georrecursos (DECivil)

Professor Associado

ORIENTADOR

Filipa Simões de Brito Ferreira de Oliveira

Laboratório Nacional de Engenharia Civil

Investigador Auxiliar