Dissertação

Modelo de autoavaliação de sustentabilidade para edifícios habitacionais - Sistema LiderA EVALUATED

O sector da construção é um dos maiores responsáveis pelo consumo de recursos a nível mundial, envolvendo impactes significativos para o ambiente. Com o intuito de dar resposta a esta problemática e procurando integrar todos os parâmetros que possam ter influência na mitigação de impactes ambientais e na procura por um desenvolvimento mais sustentável ao nível da construção surgem os sistemas integrados de avaliação e certificação de desempenho de um edifício. Reconhece-se que este tipo de sistemas têm um papel fundamental na contribuição para o desenvolvimento que se pretende sustentável ao nível da construção, identificando os parâmetros sobre os quais se pode atuar e as boas práticas que lhes estão associadas, servindo de guia prático à construção sustentável. No entanto, verifica-se também que a sustentabilidade depende também em grande parte de todos os intervenientes e do papel que estes podem ter na mitigação de impactes ambientais nas diversas fases de um edifício. Neste trabalho procurou desenvolver-se um modelo de autoavaliação, numa plataforma online de criação de sites,que procura englobar alguns dos parâmetros do sistema de avaliação LiderA. O modelo proposto procura então sensibilizar o utilizador, constatando o impacte que a adoção de hábitos de consumo mais sustentáveis, a escolha de equipamentos eficientes, e todas as decisões do lado do utilizador relativamente à utilização,manutenção e reparação do espaço construído, durante o seu ciclo de vida, têm nos não só nos consumos globais, mas também em atenuar impactes ambientais associados à construção.
Sustentabilidade, construção, autoavaliação, impactes ambientais

Outubro 9, 2020, 9:0

Documentos da dissertação ainda não disponíveis publicamente

Orientação

ORIENTADOR

Manuel Guilherme Caras Altas Duarte Pinheiro

Departamento de Engenharia Civil, Arquitectura e Georrecursos (DECivil)

Professor Associado