Dissertação

Análise e modelação da evolução de defeitos geométricos da via férrea. Caso de estudo da Linha do Norte EVALUATED

No presente trabalho é avaliado para o caso de estudo da Linha do Norte o fenómeno de degradação geométrica da via férrea, analisando-se as taxas de evolução de defeitos pontuais de diversos tipos que nela ocorrem. Recorreu-se a uma aplicação em desenvolvimento para efeitos semelhantes aos propósitos que orientaram a realização deste trabalho e foram estudadas as irregularidades geométricas de nivelamento longitudinal e transversal, alinhamento e empeno, sendo apresentadas duas vertentes de análise distintas: em função do tempo e em função do tráfego acumulado. É feito um diagnóstico da incidência e representatividade dos defeitos pontuais estudados, apreciando-se as suas distribuições espácio-temporais tendo-se, para o efeito, subdividido ambas as vias ascendente e descendente em troços de 10 km. São aplicadas regressões lineares aos dados, procedimento após o qual é avaliada a qualidade dos ajustamentos efetuados, complementada com uma filtragem dos resultados obtidos por clusters vários, como sejam: via renovada e não renovada, classes de velocidade e características da infraestrutura, sendo caracterizadas as dispersões dos dados. É ainda efetuada uma análise sobre ajustamentos de funções de distribuição de probabilidade aos dados. Os resultados mostram que as características da infraestrutura exercem uma influência considerável na magnitude e dispersão das taxas de degradação dos defeitos pontuais, facto esse que vem corroborar o interesse e a necessidade de ser considerada uma detalhada caracterização da infraestrutura ferroviária que deverá permitir lograr resultados mais fiáveis que possam alimentar futuras ferramentas de apoio à tomada de decisões de manutenção e renovação.
infraestrutura ferroviária, taxa de degradação, defeitos pontuais, manutenção

Outubro 10, 2013, 14:30

Documentos da dissertação ainda não disponíveis publicamente

Orientação

ORIENTADOR

Paulo Manuel da Fonseca Teixeira

Departamento de Engenharia Civil, Arquitectura e Georrecursos (DECivil)

Professor Auxiliar