Dissertação

Avaliação das Necessidades de Manutenção e sua Relação com o Volume de Tráfego no Processo de Degradação de Linhas Ferroviárias em Exploração Comercial EVALUATED

O caminho-de-ferro é um dos mais importantes e básicos sistemas de transporte. Tal como qualquer outra instalação industrial a manutenção das vias-férreas torna-se imprescindível, podendo representar elevados custos para o gestor da infra-estrutura. O fenómeno de degradação das vias-férreas carece de ser entendido e descrito sob a forma dos parâmetros que mais contribuem para o seu incremento, com o consequente aumento dos custos globais de manutenção. Na degradação de uma via-férrea estão envolvidos vários parâmetros, como sejam aqueles directamente relacionados com as características de traçado e construção, politica de manutenção seguida ou características ambientais e geomorfológicas envolventes, mas é hoje reconhecido que os parâmetros de tráfego nas linhas se assumem como principal indutor de degradação. Ao longo dos tempos, a investigação ferroviária tem vindo a sugerir uma vasta panóplia de modelos explicativos do fenómeno de degradação. O objectivo deste estudo é o de apresentar uma breve revista do estado da arte na área dos modelos e mecanismos de degradação das vias-férreas conhecidos e, tendo-os como base, procurar avaliar o impacto do volume de intervenções e sua relação com os parâmetros de tráfego nalgumas linhas portuguesas em exploração comercial. Foram compilados e analisados dados referentes ao tráfego e intervenções realizadas em cerca de 700 km de via, referentes à Zona Operacional de Conservação de Lisboa, tendo-se verificado um reduzido impacto do volume e agressividade do tráfego, resultados estes que podem ser vistos como um sinal da complexidade existente com vista à modelação da degradação da via-férrea.
manutenção de linhas ferroviárias, degradação da via-férrea, tráfego, impacto de intervenções, relações causais tráfego-manutenção

Novembro 27, 2008, 9:0

Documentos da dissertação ainda não disponíveis publicamente

Orientação

ORIENTADOR

Paulo Manuel da Fonseca Teixeira

Departamento de Engenharia Civil e Arquitectura (DECivil)

Professor Auxiliar Convidado