Dissertação

Estimativa de afluências indevidas em sistema de drenagem: o caso de estudo da Ribeira de Santa Catarina no Entroncamento EVALUATED

A problemática das afluências indevidas é bastante significativa tendo em contas os efeitos que estes tipos de escoamentos têm nos sistemas de drenagem. Mitigar os impactos das afluências indevidas nos sistemas de drenagem é por isso, do interesse das entidades gestoras. Adicionalmente, quantificar a ocorrência destas e perceber quais os mecanismos que contribuem para a sua ocorrência, é fundamental no auxílio da tomada de decisão de medidas mitigadoras. A Câmara Municipal do Entroncamento (CME) tem registado vários problemas com o funcionamento da ribeira a nível de desempenho hidráulico, com inundações urbana pontuais a ocorrem em tempo de chuva. Problemas de cariz ambiental também têm sido reportados relacionados com os caudais que se escoam na ribeira em tempo seco. Apesar do sistema de drenagem da cidade do Entroncamento ter sido concebido como separativo, existem ligações cruzadas entre a rede de drenagem e a ribeira. É, portanto, do interesse da CME quantificar os caudais de afluências indevidas que aí se escoam bem como avaliar o desempenho da ribeira. Este trabalho incluí a realização de campanhas para estimar o caudal escoado na ribeira em tempo seco e na avaliação do estado de conservação da rede de drenagem. Uma previsão do comportamento do sistema para tempo de chuva foi realizada, através da construção de um modelo em SWMM para a situação actual e uma situação futura que têm em conta o agravamento da intensidade de precipitação e o aumento das áreas impermeáveis.
Afluências indevidas, drenagem urbana, águas residuais, águas pluviais, SWMM

Junho 14, 2018, 9:0

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

Filipa Maria Santos Ferreira

Departamento de Engenharia Civil, Arquitectura e Georrecursos (DECivil)

Professor Auxiliar