Dissertação

Avaliação da resistência sísmica de um edifício de betão armado EVALUATED

O sismo é uma catástrofe natural que causa grandes danos materiais e perda de vidas humanas. Uma das preocupações é o facto de ser imprevisível, o que torna importante minimizar os seus efeitos. Os edifícios devem ser projetados para resistir à ação sísmica, uma vez que vidas humanas dependem do seu desempenho durante um sismo. Esta dissertação tem como principal objetivo a análise sísmica de um edifício de betão armado. O edifício foi estudado tendo em conta uma análise modal por espetro de resposta, uma análise linear onde a resposta não linear é tida em conta através de um coeficiente de comportamento. O problema destes métodos é que não se dá qualquer informação acerca do comportamento não linear da estrutura. A ação sísmica é uma ação que impõe deslocamentos à estrutura. À medida que estes deslocamentos aumentam, a estrutura vai-se deformando e originando rótulas plásticas que levam à perda de rigidez do edifício e consequentemente ao seu colapso. A análise não linear, mais conhecida como pushover pretende simular este efeito. Como métodos não lineares foram usados o método do espetro de capacidade e o método de N2. O método do espetro de capacidade baseia-se na sobreposição da curva de capacidade com o espetro de resposta reduzido, sendo este corrigido, baseando-se no amortecimento do espetro de resposta. O N2, não tem em conta o amortecimento do espetro de resposta, mas sim os períodos obtidos. Por fim, foi feita a verificação de segurança do edifício e comparados os resultados dos dois métodos.
análise sísmica, análise não-linear, pushover, curva de capacidade.

Novembro 27, 2017, 11:0

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

Luís Manuel Coelho Guerreiro

Departamento de Engenharia Civil, Arquitectura e Georrecursos (DECivil)

Professor Associado

ORIENTADOR

João Paulo do Amaral de Oliveira

Academia Militar

Tenente Coronel de Engenharia