Dissertação

Estudo do regime de agitação marítima local: Arco Caparica-Espichel EVALUATED

A costa Portuguesa tem um papel fundamental no desenvolvimento do país, sendo por isso da maior importância que tal recurso seja mantido, monitorizado e explorado de forma sustentável. Uma das maiores problemáticas que se apresenta quando se fala na manutenção da costa marítima é a questão da erosão da linha costeira. O presente trabalho apresenta o estudo do regime de agitação marítima no arco Caparica-Espichel, procurando entender melhor o seu comportamento nessa zona. A partir de duas séries temporais obtidas definiu-se um cenário de agitação marítima ao largo, descrito por um valor médio de altura significativa de 1,9m e com uma direcção de maior frequência de NW, com cerca de 40% de ocorrência. Recorrendo aos dados batimétricos recolhidos, foi desenhada a batimetria do terreno da zona de estudo, sendo depois, ambas as informações, inseridas e configuradas no software SMS. Através do modelo numérico espectral STWAVE, a agitação marítima definida ao largo foi propagada para a linha de costa resultando em valores de direcção incidente e altura de onda que foram, posteriormente, analisados. Dessa análise conclui-se que a direcção incidente é, na sua maioria, normal à linha de costa (independente da sua direcção de origem) e que a altura de onda vai aumentando de norte para sul, evidenciando a protecção costeira realizada pelo cabo Raso.
STWAVE, agitação marítima, LiDAR, linha de costa, Caparica-Espichel, transporte sedimentar

Julho 11, 2019, 9:0

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

António Alexandre Trigo Teixeira

Departamento de Engenharia Civil, Arquitectura e Georrecursos (DECivil)

Professor Associado