Dissertação

Recover policies to mitigate airline disruptions: case study of a European Airline EVALUATED

Com milhares de passageiros a viajarem de avião, companhias aéreas podem ser uma grande fonte de atrasos. Este estudo tem como objetivo analisar as causas de atrasos e comparar as diferentes soluções para a recuperação destas irregularidades, considerando as três dimensões mais importantes: avião, tripulação e passageiros. Um software previamente desenvolvido para automatizar as recuperações de perturbações aéreas é usado para interpretar dados analíticos de um caso de estudo em uma companhia aérea Europeia de média dimensão. Um conjunto de indicadores são criados de forma a comparar estas soluções, focado numa recuperação integrada e equilibrada entre as três dimensões. As ações de recuperação são comparadas com base numa análise dos custos que influenciam estas soluções, com a introdução de um parámetro que quantifique a perceção de atraso na visão do passageiro. Ao comparar os diferentes custos e fatores que influenciam as ações de recuperação de atrasos, este estudo espera comparar as soluções que possam minimizar os custos associados aos atrasos, procurando manter a satisfação dos passageiros. Este parámetro pode ser estimado através da satisfação do passageiro, ao manter ou reduzir o peso que relaciona os outros custos da função de utilidade. Desta forma, este estudo considera as três dimensões mais importantes no problema de disrupções aéreas, incluindo uma variável que possa quantificar o efeito que a pontualidade tem na satisfação do cliente. As análises resultam em coeficientes com maior importância para a dimensão da tripulação, embora alguns dos resultados possam não representar a realidade de uma companhia aérea.
Perturbações aéreas; soluções integradas

Julho 10, 2019, 18:30

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

Vasco Domingos Moreira Lopes Miranda dos Reis

CERIS - Civil Engineering Research and Innovation for Sustainability

Investigador Doutorado

ORIENTADOR

Rui Manuel Moura de Carvalho Oliveira

Departamento de Engenharia Civil, Arquitectura e Georrecursos (DECivil)

Professor Associado