Dissertação

Reforço sísmico de um edifício de betão armado EVALUATED

A atividade sísmica observada no passado tem demonstrado que o nível de destruição associado a um episódio sísmico está dependente da vulnerabilidade das construções, sendo possível mitigar os danos através de medidas preventivas. O dimensionamento sísmico inadequado representa, por isso, uma grave fonte de risco. Neste sentido, a presente dissertação, apresenta como objetivo a avaliação da capacidade sísmica e o estudo de técnicas de reforço de um edifício de betão armado, caracterizado por um sistema estrutural misto equivalente a paredes, com o intuito de aumentar o seu desempenho. A avaliação sísmica é realizada com recurso a análises estáticas não lineares, de forma a identificar as zonas de concentração de danos e a suportar a definição da solução de reforço, tendo em vista a verificação dos requisitos de desempenho preconizados na Parte 3 do Eurocódigo 8. A análise estática não linear realizada segundo o método N2, também referido no Eurocódigo8, é complementada com a extensão do método N2, de forma a serem tidos em conta os efeitos da torção e os modos superiores de vibração. As metodologias descritas para a avaliação estrutural quantificam a resistência ao corte e a capacidade de deformação dos elementos estruturais, sujeitos à ação sísmica. Com base nos resultados obtidos na avaliação sísmica, são definidas propostas de soluções de reforço, com o intuito de mitigar as principais deficiências estruturais e melhorar o comportamento dos elementos. São consideradas duas técnicas de reforço local, o encamisamento de secções com betão armado e com mantas de polímeros reforçados com fibras.
Edifício de betão armado, Avaliação sísmica, Análise estática não linear (pushover), Método N2, Eurocódigo 8 Parte 3, Reforço sísmico

Abril 2, 2018, 10:0

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

Rita Maria Do Pranto Nogueira Leite Pereira Bento

Departamento de Engenharia Civil, Arquitectura e Georrecursos (DECivil)

Professor Associado

ORIENTADOR

João Carlos De Oliveira Fernandes de Almeida

Departamento de Engenharia Civil, Arquitectura e Georrecursos (DECivil)

Professor Associado