Disciplina Curricular

Materiais de Construção I MC-I

Mestrado Integrado em Engenharia Civil - MEC 2016

Contextos

Grupo: MEC 2016 > 1º Ciclo

Período:

Peso

6.0 (para cálculo da média)

Objectivos

Transmitir aos alunos conhecimentos gerais relativos à estrutura, comportamento e aplicações dos materiais de construção de utilização mais frequente: pedras naturais, cerâmicos, vidros, ligantes, argamassas, betões, metais, madeira, derivados e polímeros. A necessidade de abordar a generalidade dos principais materiais de construção resulta desta disciplina ser a única do tronco comum leccionada aos futuros engenheiros civis, constituindo-se portanto necessariamente como a base para o futuro aprofundamento dos conhecimentos neste domínio. A disciplina será apoiada no contacto com os materiais, em filmes didácticos, na análise de casos reais e em aulas de laboratório.

Programa

Estrutura interna e comportamento reológico dos materiais: metálicos, cerâmicos, poliméricos e compósitos. Evolução dos materiais na construção. Caracterização das principais variedades pétreas utilizadas como revestimentos e agregados pétreos na construção. Produtos cerâmicos e vidros: matérias-primas; fabrico e tratamento, principais tipos de produtos, suas características e aplicações. Ligantes aéreos e hidráulicos: matérias-primas, processos de fabrico, tipos, processos de hidratação e endurecimento, características e aplicações. Adições para cimento. Argamassas e betões: constituintes, caracterização e aplicações. Materiais metálicos ferrosos e não ferrosos: alumínio para caixilharias e aço. Principais tipos de aço na construção. Madeira e suas aplicações na construção: caracterização física e mecânica. Derivados da madeira e cortiça: principais produtos, suas características e aplicações. Principais polímeros utilizados na construção: caracterização, aplicações e limitações à sua utilização. Tintas e vernizes: componentes, requisitos, características, esquemas de pintura e preparação dos suportes. Materiais betuminosos: tipos, caracterização e aplicações.

Metodologia de avaliação

Avaliação via “Testes” ou via “Exame” Avaliação via “Testes”: • Classificação = 50% nota Teste 1 + 50% nota Teste 2 • Nota mínima de 7,0 valores em cada um dos testes Avaliação via “Exame”: • Classificação = 100% nota do Exame de 1ª Época • O Exame de 1ª Época coincide com o 2º Teste 2º Época: Independentemente dos alunos terem optado pela avaliação via “Testes” ou via “Exame”, todos os alunos dispõem de um Exame de 2º Época. Classificação Final: A nota final será a classificação mais elevada obtida nas seguintes situações: • Avaliação via “Testes” ou via “Exame” • Exame de 2º Época A nota mínima para obter aprovação à disciplina é de 9,5 valores (via “Testes”, via “Exame”, Exame de 2º Época ou Exame de Época Especial). Época Especial: • Classificação = 100% nota do Exame de Época Especial Prova Oral: • O aluno que obtenha classificação final à disciplina igual ou superior a 17 valores (via “Testes”, via “Exame”, Exame de 2º Época ou Exame de Época Especial) terá de realizar uma prova oral. • A realização desta prova oral ocorrerá após a divulgação dos resultados do exame da época de recurso, em data a divulgar oportunamente, e deverá ser obrigatoriamente antecedida de inscrição do aluno. • Caso o aluno não compareça à prova oral, a classificação final será de 16 valores. • Caso o aluno compareça à oral, a classificação final à disciplina será a nota obtida na avaliação oral (100% nota da Oral).

Disciplinas Execução

2018/2019 - 2ºSemestre

2017/2018 - 2ºSemestre

2016/2017 - 2ºSemestre