Dissertação

Re-purposing Delta One T cells for immunotherapy of solid tumours: Colon cancer as proof-of-principle EVALUATED

Mundialmente o cancro do colon é o terceiro tipo de cancro mais diagnosticado e o segundo que mais mortes causa. 50% a 75% dos doentes com cancro do colon têm somente 14% de probabilidade de sobreviver 5 anos. Assim, é urgente a necessidade de desenvolver novos tratamentos para estes doentes. Considerar a capacidade anti-tumoral de linfócitos T γδ e associá-la a protocolos seguros de expansão permitiu a criação de um novo produto imunoterapêutico - as células DOT (do inglês "Delta One T"). Este produto é composto em mais de 65% por células T Vδ1+, que são expandidas e diferenciadas em potentes efectoras anti-tumorais. Neste trabalho investigou-se o potencial terapêutico das células DOT contra o cancro do colon. As células DOT mataram eficientemente as duas linhas celulares de cancro estudadas, HCT116 e SW620 (3,6 vezes mais eficientes SW620 do que HCT116). A nível de mecanismo celular, as células DOT reconheceram as células SW620 através dos recetores NKG2D e DNAM-1. Curiosamente o secretoma das linhas celulares do colon promoveram um fenótipo anti-tumoural e a migração das células DOT, sugerindo a atividade das células DOT em estudos in vivo. Foram também aferidos dois reguladores negativos das células DOT. Neutrófilos oriundos de sangue periférico levaram a um decréscimo do potencial citotóxico das células DOT. O mesmo foi observado após incubação das células DOT com a citocina imunossupressora TGF-β, mas não com IL-10. Coletivamente este estudo providencia interessantes desenvolvimentos sobre o potencial terapêutico das células DOT em cancro do cólon e suporta investigações futuras.
Cancro Colon, Células DOT, Recetores de células NK, Neutrófilos, TGF-β, IL-10

Dezembro 11, 2020, 14:30

Documentos da dissertação ainda não disponíveis publicamente

Orientação

ORIENTADOR

Sofia Mensurado Santos

Instituto de Medicina Molecular João Lobo Antunes

Doutora

ORIENTADOR

Cláudia Alexandra Martins Lobato da Silva

Departamento de Bioengenharia (DBE)

Professor Associado