Dissertação

The effect of bone collagen fragments on breast and prostate cancer cells EVALUATED

Cerca de 80% dos doentes com cancro de mama metastático e de 85% com cancro de próstata metastático são diagnosticados com metástases ósseas. Durante o processo de metastização ocorre degradação da matriz óssea e o colagénio tipo I é degradado em fragmentos que são libertados para o soro e urina. Alguns desses fragmentos têm sido identificados como marcadores de prognóstico. Este fato levou à hipótese de que estes subprodutos poderiam ter um papel na cascata metastática. Assim, o objectivo geral desta Tese é contribuir para investigar a possível atividade biológica dos fragmentos colagénio tipo I. Propomos analisar o efeito desses produtos ao nível celular de forma a entender como características funcionais (proliferação, migração e invasão) das células tumorais da mama e da próstata podem ser afectadas na sua presença. Os isómeros da hidroxiprolina, hidroxilisina e deoxipiridinolina foram os derivados sintéticos escolhidos para este estudo. As linhas celulares tumorais MDA-MB-231 e PC-3 foram as escolhidas para avaliar o papel desses compostos nas fases iniciais da metastização. Os resultados mostraram que isómeros da hidroxiprolina e hidroxilisina não induziam efeito significativo na proliferação celular. A deoxipiridinolina apresentou efeito anti-proliferativo moderado na linha celular PC-3. A mesma apresentou efeito contrário na linha MDA-MB-231. A hidroxilisina e deoxipiridinolina não influenciaram a migração e invasão de ambas as linhas, em comparação com o controlo. Concluindo, a deoxipiridinolina é o único fragmento em que detetamos algum efeito biológico, nomeadamente na proliferação, o que potencialmente pode afectar a carga tumoral nas doenças avançadas de mama e da próstata.
metástases ósseas, fragmentos de colagénio tipo I, proliferação, migração, invasão

Maio 3, 2017, 10:0

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

Irina Margarida Pereira Machado Alho Duarte

Instituto de Medicina Molecular, Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa

Doutora

ORIENTADOR

João Domingos Galamba Correia

Departamento de Engenharia e Ciências Nucleares

Investigador Principal