Dissertação

Towards human insulin resistance in vitro disease models using 3D-cultured MSC-derived hepatocyte-like cells EVALUATED

A resistência à insulina afeta uma proporção significative da população mundial e está relacionada com a obesidade e diabetes tipo II, estando associadas a altos encargos económicos e clínicos e maior risco de mortalidade. O fígado tem um papel central na homeostase metabólica, pelo que são necessários modelos hepáticos in vitro para estudar estas patologias. O principal objetivo deste trabalho é melhorar os atuais protocolos de cultura para obter um modelo de resistência à insulina. Assim, células estaminais mesenquimais foram diferenciadas em células tipo-hepatócito (CTH) e mantidas em cultura como esferoides. Como os atuais protocolos de cultura incluem altas concentrações de glucose, insulina e dexametasona, que poderão interferir com o metabolismo energético das células, foram reduzidas para valores mais fisiológicos (5 mM, 1 nM e 100 nM, respetivamente) e as células expostas a estímulos hormonais para validar as respostas do metabolismo energético do modelo. As CTH cultivadas em meios mais fisiológicos mantiveram o tamanho e morfologia. A expressão de genes específicos hepáticos (ALB, HNF4A, CYP3A4, e CK-18), proteínas ALB e HNF4A e produção de ureia também foram mantidas. Os esferoides apresentaram expressão de marcadores periportais e perivenosos simultaneamente, com maior acumulação de marcadores periportais na periferia. CTH cultivadas em meio mais fisiológico apresentaram melhorias na resposta a hormonas e responderam à incubação com ácidos gordos através de acumulação lipídica intracelular. CTH cultivadas em meios mais fisiológicos são mais adequadas para estudar o metabolismo energético e este trabalho constitui um passo no desenvolvimento de um modelo fidedigno de resistência à insulina.
Células tipo-hepatócito, Esferoides, Resistência à insulina, Células estaminais mesenquimais neonatais, Metabolismo

Julho 27, 2021, 14:0

Documentos da dissertação ainda não disponíveis publicamente

Orientação

ORIENTADOR

Cláudia Alexandra Martins Lobato da Silva

Departamento de Bioengenharia (DBE)

Professor Associado

ORIENTADOR

Joana Paiva Gomes Miranda

Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa

Professor Auxiliar