Dissertação

Internationalization of Molecular Medicine Companies: GenoMed's Case Study EVALUATED

A internacionalização de uma empresa, uma necessidade cada vez mais premente dada a conjuntura económica do país, carece de um plano estratégico, para tornar o processo eficaz e eficiente. O objectivo deste trabalho consiste no desenvolvimento de uma estratégia de internacionalização para a GenoMed, uma empresa de medicina molecular e genética, pretendendo-se criar um modelo que possa ser generalizado a todas as pequenas empresas que operam no mesmo mercado. Neste trabalho é feita uma revisão da literatura sobre modelos de internacionalização, desde as primeiras abordagens mais estáticas até aos conceitos extremamente dinâmicos mais recentes como as empresas “born-global” e “born-global again”. Os factores que influenciam o sucesso da internacionalização e os métodos de entrada em mercados externos são também abordados. Para analisar a GenoMed e a indústria envolvente, uma metodologia de estudo de caso foi adoptada, tendo sido desenvolvida uma extensa análise ao mercado dos diagnósticos moleculares e uma análise interna à empresa, o que permitiu avaliar a sua estratégia actual e aferir a sua posição competitiva no mercado. Como conclusão, um plano estratégico para a internacionalização da GenoMed foi criado, devendo a empresa apostar no mercado de nicho dos diagnósticos moleculares de forma diferenciada, internacionalizando-se de forma global e adoptando três abordagens distintas para: Europa de Leste, onde deve investir em parcerias para a realização de testes, países com economias em forte desenvolvimento, onde deverá priveligiar o cross-shareholding e o licensiamento de conhecimentos científicos e procedimentais e o resto do mundo, onde deverá investir numa especialização em doenças raras.
GenoMed, medicina molecular, estudo de caso, estratégia, internacionalização, born-global

Junho 23, 2014, 10:0

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

CO-ORIENTADOR

Gabriel Miltenberger-Miltenyi

GenoMed, Instituto de Medicina Molecular, Faculdade de Medicina, Universidade de Lisboa

Doutor

ORIENTADOR

Maria Teresa Romeiras de Lemos

Departamento de Engenharia e Gestão (DEG)

Professor Associado