Dissertação

Towards an adenosine wave detection for neuroscience applications – an aptamer based approach EVALUATED

A adenosina conhecida como uma das principais moléculas de ATP, é também um neuromodulador. Dadas as diversas funções que assume, tem sido ao longo dos anos objeto de vários estudos de modo a compreender corretamente as suas ações, e em particular o seu papel enquanto neuromodulador. Apesar de reconhecida como neuroprotectora, o seu papel em distúrbios mentais permanece por responder. Neste trabalho será descrito o desenvolvimento de um modelo de deteção com base num aptâmero, em tempo real de forma a quantificar diferentes concentrações de adenosina. Os aptâmeros são moléculas de ADN OU ARN de cadeia simples, curtos e que são capazes de se ligar a um alvo com elevada afinidade e especificidade selecionados in vitro, através de SELEX. De forma a desenvolver e otimizar um biossensor para detetar a adenosina, foi utilizado um aptâmero de ADN, marcado com um fluoróforo, que hibrida com uma cadeia simples de ADN marcado com 4'-dimetilaminoazobenzeno-4-carboxilato (dabcyl), suprimindo o sinal de fluorescência do aptâmero. Na presença de adenosina, o aptâmero liga-se com esta, libertando o ADN marcado com dabcyl, aumentando de fluorescência. É então apresentada uma análise em macro e micro escala. Para o caso da última, um dispositivo microfluídico adequado foi escolhido (o gerador de gradientes) de forma a proceder a uma identificação correta do comportamento de diferentes concentrações de adenosina, ao mesmo tempo. Após as optimizações, o valor para o limite de detecção de adenosina foi 81 µM. Em trabalhos futuros, devem ser realizados mais testes, de forma a otimizar este valor.
Detecção de Adenosina, aptâmeros, neurociências, microfluídica.

Julho 2, 2014, 9:30

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

CO-ORIENTADOR

Ana Maria Ferreira de Sousa Sebastião

Universidade de Lisboa - Faculdade de Medicina

Professora Associada

ORIENTADOR

João Pedro Estrela Rodrigues Conde

Departamento de Bioengenharia (DBE)

Professor Catedrático