Dissertação

Ionic Atrial Remodelling in Atrial Fibrillation and its Effect in the Cardiac Action Potential EVALUATED

A fibrilhação auricular (AF) é uma arritmia muito comum, especialmente entre os idosos, que consiste na activação caótica e ineficiente das aurículas, originando assim, um ritmo ventricular irregular. O progressivo envelhecimento da população justifica uma crescente preocupação e consequente interesse no estudo dos mecanismos fisiológicos que estão na origem desta doença, de forma a desenvolver tratamentos mais eficazes ou mesmo terapias de prevenção. Este trabalho pretende caracterizar os indícios iniciais da remodelagem auricular associada à AF, os seus efeitos nas propriedades genéticas e electrofisiológicas do coração de forma a compreender melhor a patofisiologia desta doença. Para tal apresenta-se uma nova abordagem à análise dos sinais eléctricos cardíacos recorrendo a um algoritmo iterativo de interpolação, baseado no compromisso de Levenberg-Marquardt, que modela o sinal auricular usando um conjunto de funções gaussianas generalizadas. Estes sinais foram registados durante experiências em modelos animais, em que se estimula a aurícula direita de forma a simular o padrão caótico de activação auricular que ocorre durante a AF. No final foram recolhidas amostras de tecido cardíaco para análise dos níveis de expressão de genes que codificam vários canais iónicos cardíacos. Os resultados da análise de sinal foram relacionados com as alterações de expressão genética de forma a identificar uma relação causal entre elas.
Fibrilhação auricular, Remodelagem auricular, Canais iónicos

Maio 11, 2009, 13:30

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

CO-ORIENTADOR

Luis Filipe Silva Carvalho

Instituto de Fisiologia - Faculdade de Medicina de Lisboa

Professor Catedrático

ORIENTADOR

Raúl Daniel Lavado Carneiro Martins

Departamento de Engenharia Electrotécnica e de Computadores (DEEC)

Professor Auxiliar