Dissertação

Combining methods for simulating and improving the Emergency Rescue Chain EVALUATED

A Cadeia de Emergência Médica (CEM) corresponde ao processo ativado por uma doença súbita e que culmina com a entrada numa unidade de cuidado de saúde, sendo centrada nas ocorrências no sistema de emergência médica na fase pré-hospitalar, sendo responsável pela: chamada para o 112, orientação de pacientes e serviço ambulatório. Esta tese desenvolve uma metodologia – baseada em técnicas de simulação computacional – para avaliar e explorar a CEM e investigar a possibilidade de métodos computacionais de simulação se ajustarem à monitorização e otimização dos processos que decorrem dentro da cadeia. A metodologia desenvolvida é especificamente usada para explorar as diferenças entre dois países distintos, Portugal e Alemanha. As Cadeias de Emergência Médica Portuguesa e Alemã serão detalhadas, assim como os maiores desafios que enfrentam nos dias de hoje. Adicionalmente, a aplicação da metodologia, foca-se no acidente vascular cerebral, uma doença cuja viabilidade de recuperação depende do tempo para o tratamento. A proposta metodológica corresponde a um conjunto de passo ordenados e a uma combinação de simulação baseada em agentes e de eventos discretos. Os resultados revelam que esta metodologia é bastante flexível e que o seu uso é útil para a avaliação e análise de diferentes CAM. No entanto, os resultados obtidos são apenas ilustrações de como a metodologia pode ser usada na prática.
Sistema de Emergência Médica, Cadeia de Emergência Médica (CEM), Portugal, Alemanha, Simulação

Novembro 20, 2017, 11:0

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

Stefan Nickel

Karlsruhe Institute of Technology

Professor

ORIENTADOR

Mónica Duarte Correia de Oliveira

Departamento de Engenharia e Gestão (DEG)

Professor Associado