Dissertação

Modelling of the human lens complex under cataract surgery EVALUATED

A catarata é uma opacificação do cristalino, que perde transparência levando a uma visão turva e, quando não tratada a tempo, a cegueira. Com o envelhecimento da população, a incidência e prevalência das cataratas está a aumentar, bem como o número de cirurgias para as tratar. O complexo do cristalino, que inclui o cristalino, o saco capsular, as zónulas e o corpo ciliar, é de extrema importância sendo que é responsável pela capacidade do olho a focar objetos. Hoje em dia, a solução mais comum para as cataratas é a remoção da mesma, seguida de um implante de uma lente intraocular (LIO) para substituir o cristalino e as suas funções, deixando o olho num estado pseudofáquico. Com o aumento de procedimentos cirúrgicos efetuados, verifica-se consequentemente um aumento de complicações pós-cirúrgicas, sendo o deslocamento da LIO a complicação mais séria. Alguns modelos computacionais do cristalino completo já foram estudados, mas nenhum depois da cirurgia das cataratas. Neste trabalho apresenta-se um modelo axisimétrico de elementos finitos do cristalino durante o processo de acomodação, antes e depois de cirurgia com implante de LIO, para perceber se há alguma razão mecânica para o deslocamento da LIO ocorrer. Verificou-se um aumento de tensões e de forças nas zónulas pós-cirurgia, o que poderia explicar o porquê de, anos depois da cirurgia, alguns zónulos partirem levando ao deslocamento da LIO. O modelo aqui proposto é inovativo nesta área e apresenta ser um ótimo complemento aos estudos já existentes sobre o complexo do cristalino.
catarata, lente intraocular, axisimétrico, membrana, saco capsular, zónulas

Novembro 12, 2018, 18:30

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

Maria Filomena Jorge Ribeiro

Hospital da Luz e Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa

Professor Auxiliar Convidado

ORIENTADOR

Paulo Rui Alves Fernandes

Departamento de Engenharia Mecânica (DEM)

Professor Associado