Dissertação

Investigating the therapeutic potential of extracellular vesicles from hiPSCs and hiPSC-derived cardiac cells for heart regeneration EVALUATED

Doenças cardiovasculares são a causa dominante de mortalidade mundial, sendo que as terapias atualmente empregues não abordam os mecanismos fundamentais de regeneração do tecido cardíaco. Estratégias baseadas no transplante de células não conseguiram ainda demonstrar resultados clinicamente significativos, apresentando níveis de eficácia modestos e inconsistentes. Estudos recentes sugerem que os efeitos terapêuticos das células transplantadas são mediados pelos seus fatores secretados e que as vesículas extracelulares (EVs) desempenham um papel importante na estimulação da reparação cardíaca endógena. Neste trabalho, EVs de células estaminais pluripotentes induzidas humanas (hiPSCs) e seus derivados cardíacos foram isoladas do respetivo meio de cultura por centrifugação diferencial e ultracentrifugação em gradiente de densidade. A caracterização das partículas confirmou uma adequada recuperação e purificação de EVs. Ensaios de bioatividade in vitro e análise do conteúdo de microRNA foram utilizados para avaliar as propriedades angiogénicas das amostras de EVs. EVs derivadas de hiPSCs (hiPSC-EVs) demonstraram uma indução mais significativa de capacidade migratória do que os restantes grupos cardíacos, assim como estimulação da formação de estruturas capilares quando utilizadas como tratamento em células endoteliais, sugerindo assim um papel destas EVs na promoção de angiogénese no coração. A análise da expressão de microRNA indicou especificidade no conteúdo das EVs, apoiada pelo enriquecimento dos grupos de EVs de derivados cardíacos em microRNAs envolvidos no desenvolvimento do músculo cardíaco. Adicionalmente, hiPSC-EVs exibiram uma forte sinalização celular de vias de pro-sobrevivência e pro-angiogénese. Estudos adicionais serão fundamentais para compreender e validar a bioatividade das EVs cardíacas e desvendar o papel cardioprotetor de hiPSC-EVs.
vesículas extracelulares, diferenciação cardíaca, angiogénese, medicina regenerativa

Dezembro 17, 2020, 9:30

Documentos da dissertação ainda não disponíveis publicamente

Orientação

ORIENTADOR

Maria Margarida Fonseca Rodrigues Diogo

Departamento de Bioengenharia (DBE)

Professor Auxiliar