Disciplina Curricular

Bio-Electricidade BE

Mestrado Integrado em Engenharia Biomédica - MEBiom 2006

Contextos

Grupo: MEBiom 2006 > 1º Ciclo > Biologia e Medicina

Período:

Peso

4.5 (para cálculo da média)

Objectivos

A cadeira de Bioelectricidade lida com os fenómenos bioeléctricos e com a fisiologia dos tecidos excitáveis (sistema nervoso e músculo), na qual os fenómenos bioeléctricos têm um papel central. A cadeira foca ainda algumas técnicas utilizadas para estudar a função e disfunção dos tecidos excitáveis. No final da cadeira, os alunos deverão: 1.Compreender os principais fenómenos bioeléctricos que ocorrem no corpo humano e o papel desses fenómenos na fisiologia dos tecidos excitáveis (sistema nervoso e músculo); 2.Conhecer, saber aplicar e saber interpretar os resultados das técnicas abordadas para estudar a função e disfunção dos tecidos excitáveis; 3.Ser capazes de integrar e aprofundar, de forma independente, conhecimentos de Bioelectricidade para abordar tópicos com os quais se possam vir a deparar no seu futuro académico ou profissional.

Programa

Conforme os objectivos de aprendizagem, o programa inclui a bioelectricidade e seu papel na fisiologia dos tecidos excitáveis, bem como uma componente relacionada com as técnicas utilizadas para estudar os tecidos excitáveis. 1.Potencial da célula 2.Potencial de acção 3.Neurónio e sinapse 4.Técnica: Registo de potenciais sinápticos 5.Microcircuitos neuronais 6.Órgãos dos sentidos 7.Técnica: Avaliação da função sensorial (campimetria, audiograma, etc.) 8.Reflexos 9.Técnica: Avaliação dos reflexos osteotendinosos e do reflexo simpático-cutâneo 10.Músculo esquelético 11.Técnica: Electromiografia 12.Músculo cardíaco e o coração como bomba 13.Técnica: Electrocardiograma 14.Músculo liso 15.Efeitos da corrente eléctrica no organismo 16.Efeitos das radiações no organismo

Metodologia de avaliação

A cadeira inclui aulas teóricas, teórico-práticas e práticas. As aulas teóricas consistem na exposição da matéria, mas incluem técnicas de aprendizagem activa (“active learning”) que se sabe, através de estudos empíricos, resultarem em ganhos de aprendizagem para os alunos. As aulas teórico-práticas têm como objectivo fortalecer a compreensão dos mecanismos fisiológicos em estudo, recorrendo-se, para o efeito, a modelos computacionais (por exemplo, dos potenciais de membrana e potenciais de acção, etc.). As aulas práticas consistem na aplicação prática das técnicas em estudo, tipicamente utilizando equipamentos disponíveis para o efeito nos laboratórios da Fisiologia, mas ocasionalmente envolvendo uma visita a serviços relevantes no Hospital de Santa Maria. A avaliação consiste num exame que versa os tópicos de todas as aulas (teóricas, teórico-práticas e práticas) e num projecto (descrito com mais detalhe abaixo).

Disciplinas Execução

2018/2019 - 2ºSemestre

2017/2018 - 2ºSemestre

2016/2017 - 2ºSemestre

2015/2016 - 2º Semestre

2014/2015 - 2º Semestre

2013/2014 - 2 Semestre

2012/2013 - 2 Semestre

2011/2012 - 2 Semestre

2010/2011 - 2 Semestre

2009/2010 - 2 Semestre

2008/2009 - 2 Semestre

2007/2008 - 2 Semestre

2006/2007 - 2 Semestre