Dissertação

Caracterização da reatividade serológica e antigénica em pacientes com malária grave EVALUATED

A malária é uma doença infeciosa causada pelo parasita protozoário pertencente ao género Plasmodium. A principal forma de transmissão manifesta-se através da picada da fêmea infetada do mosquito Anopheles; contudo, poderá também ocorrer transmissão da malária através de transfusões sanguíneas, bem como de mãe para filho durante a gravidez. A imunidade adquirida durante a interação parasita-hospedeiro influencia o quadro clínico da infeção, uma vez que repetidos níveis de exposição à malária podem levar ao desenvolvimento de uma imunidade protetora. Com este trabalho, pretende-se caracterizar as reatividades serológica e imunoquímica envolvidas na indução e manutenção da imunidade humoral em pacientes (mais concretamente, crianças) com quadro clínico de malária grave, por P. falciparum. Pelas análises serológicas de um total de 12 amostras, verificou-se que 8 apresentaram-se serologicamente positivas para anticorpos IgG total anti-P. falciparum e 4 negativas. Relativamente aos anticorpos totais anti-P. falciparum, verificaram-se 9 amostras serologicamente positivas e 3 negativas. Para anticorpos IgM anti-P. falciparum, verificou-se que 7 amostras se apresentaram serologicamente positivas, 4 negativas, e 1 indeterminada. Pela análise dos perfis de immunoblotting, verificou-se um padrão consistente na imunoreatividade a antigénios de P. falciparum com massas moleculares na gama dos 190 a 80kDa, bem como um padrão menos consistente na gama dos 50 a 40kDa, valores estes indo de encontro aos apresentados em trabalhos já realizados. Através da análise in silico, as proteínas identificadas neste trabalho poderão ser um ponto de partida para estudos futuros sobre a resposta imune humoral, apresentando impacto nas estratégias de controlo e prevenção da doença.
Plasmodium falciparum, malária grave, anticorpos, crianças, antigénios parasitários

Novembro 19, 2015, 11:0

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

Marcelo de Sousa da Silva

Instituto de Higiene e Medicina Tropical – Universidade Nova de Lisboa

Investigador Auxiliar

ORIENTADOR

Maria Ângela Cabral Garcia Taipa Meneses de Oliveira

Departamento de Bioengenharia (DBE)

Professor Auxiliar