Dissertação

Melhoria de Processo, análise de pontos críticos e aplicação de CEP EVALUATED

A presente dissertação foi elaborada numa indústria alimentar, tendo como principal objetivo a revisão do plano de amostragem e das cartas de controlo. Foi então averiguado que o controlo pretendido se trata de pontos de controlo não críticos. Tendo isso em consideração, acompanhou-se o trabalho elaborado durante os testes para a qualidade de saída do produto, a fim de compreender o tempo que demoram a ser aplicados. Estudou-se a possibilidade de refazer o plano de amostragem de acordo com Alberto Arranz e José de Domingo Acinas ou se seria melhor de acordo com a norma ISO 2859 para amostragem. Concluiu-se que ambos estão de acordo e que, para efeitos práticos, a melhor estratégia é definir o número de cestas finais que devem ser estudadas por hora. De seguida, compilaram-se os valores de temperatura e humidade das câmaras de fermentação das linhas E, F e D. Com esses valores, determinaram-se novos limites de controlo. Para comprovar se os novos limites eram adequados, acompanhou-se a produção durante dois meses. Conclui-se que algumas cartas necessitavam de um pequeno ajuste e que outras se encontravam adequadas à produção em vigor. Na segunda parte desta dissertação, fizeram-se análises microbiológicas à linha F para verificar se havia alguma contaminação na linha. Concluiu-se que não havia contaminação proveniente nem da linha nem dos operários. A terceira parte debruçou-se no acompanhamento do tempo útil de vida do produto 1 com vista a verificar se a alteração efetuada influenciava o parâmetro fofura no produto final.
Controlo, Qualidade, Melhoria

Julho 6, 2015, 10:0

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

Inês Maria da Costa Manuel de Almeida Bernardo

Panrico Portugal

Especialista

ORIENTADOR

Maria das Mercedes Leote Tavares Esquível

Departamento de Engenharia Química (DEQ)

Professor Auxiliar