Dissertação

Creation of an Antisense Plasmid to Permit Extracellular Release of Recombinant α-amylase in Transformed Escherichia coli Strains EVALUATED

Grande parte das proteínas recombinantes de importância industrial e farmacêutica são secretadas para o periplasma de Escherichia coli, tornando necessário recuperá-las no processamento a jusante, usando métodos tradicionais de lise celular. Células de E. coli, capazes de libertar proteínas periplásmicas para o meio extracelular sem ser necessário lise celular, poderão ser atractivas para a indústria biofarmacêutica com vista o melhoramento do processo de produção. A tecnologia antisense é uma ferramenta poderosa cada vez mais usada em engenharia celular para inibir a expressão de um gene alvo. Este trabalho descreve uma tentativa de desenvolver um plasmídeo antisense tendo como alvo a proteína mais abundante da membrana exterior de E. coli (Lpp) com o objectivo de aumentar a permeabilidade celular para produção extracelular da proteína recombinante periplásmica alfa-amilase. O sistema antisense pode ser usado para aumentar os níveis de libertação extracelular de proteínas periplásmicas, embora algumas melhorias e investigação no uso do mesmo sejam necessárias para que uma libertação completa destas seja observada.
Escherichia coli, Meio extracelular, Periplasma, Proteínas recombinantes, Tecnologia Antisense, alfa-amilase

Outubro 16, 2015, 9:0

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

Eli Keshavarz-Moore

University College of London

Professor

ORIENTADOR

Marília Clemente Velez Mateus

Departamento de Bioengenharia (DBE)

Professor Auxiliar