Dissertação

Recycling of the culture medium for pilot scale production of Arthrospira platensis (Spirulina) EVALUATED

Neste trabalho objetivaram-se três temas relacionados com a cianobactéria Arthrospira platensis (Spirulina) à escala piloto: comparação das produtividades em diferentes sistemas de cultivo; recirculação do meio de cultivo e otimização da sua composição; e procura de meios alternativos para o cultivo da Spirulina. Alguns aspetos secundários foram também explorados ao longo deste trabalho: várias metodologias de secagem e respetivos impactos nas células. Primeiramente determinou-se a produtividade de culturas de A. platensis ao longo do tempo em sistemas de cultivo à escala piloto: um sistema localizado no interior de uma estufa e três sistemas localizados no exterior. Nalguns sistemas foram efetuadas renovações com taxas entre os 30 e os 83% que garantiram a permanência das culturas na fase linear de crescimento. Obtiveram-se para os diversos sistemas produtividades areais entre os 3,8 e os 9,6 g/m2/dia. Seguidamente analisou-se ao longo do tempo a produtividade no sistema de cultivo raceway convencional com taxas de renovação e de recirculação de meio de 50-54% e 63-83%, respetivamente. A composição elementar do meio de cultivo recirculado foi analisada com o objetivo de otimizar a produtividade da cultura. Concluiu-se que é possível cultivar Arthrospira platensis com recirculação do meio durante, pelo menos, 36 dias sem que ocorra perda de produtividade. Foi sugerido um ajuste à receita do meio nutritivo para melhor combater as necessidades nutricionais demonstradas pela cultura. Relativamente ao estudo de meios de cultura alternativos ficou comprovado que após adaptabilidade à salinidade, é possível cultivar Spirulina num meio de cultivo salino.
Recirculação do meio de cultivo; Spirulina

Outubro 4, 2016, 11:0

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

Marília Clemente Velez Mateus

Departamento de Bioengenharia (DBE)

Professor Auxiliar

ORIENTADOR

Luís Filipe Amaro da Costa

A4F – Algae for future

Doutor