Dissertação

Study of the stability of vitamin formulations in accelerated storage conditions EVALUATED

Uma questão importante na indústria farmacêutica e alimentar é a degradação de vitaminas durante a armazenagem. Normalmente, os produtos são armazenados por um extenso período, acompanhando-se a sua degradação. De modo a optimizar o tempo são usados testes acelerados nos quais o produto é submetido a condições mais severas, para aumentar a degradação, sendo depois correlacionado para as condições ambientais. Procurou-se estudar a degradação de formulações de Vitamina X. Um produto da fábrica foi submetido a diferentes temperaturas e humidades. Tudo foi analisado por cromatografia líquida de alta eficiência. Os tempos de isoconversão (tempo que demora a atingir uma dada quantidade de adulterante) foram determinados matematicamente, assim como os parâmetros da lei Arrhenius. Tal como é esperado, a quantidade de adulterantes aumenta com o tempo, enquanto a potência diminui. O produto revelou-se muito sensíveis à temperatura e à humidade, alterando-se a morfologia e os perfis de degradação. A altas temperaturas e baixa humidade aparece um composto desconhecido, cuja estrutura química também o é. A determinação matemática da estabilidade do produto teve como resultado os tempos aos quais o produto falha os limites especificados. Esta informação é útil para planear ensaios de estabilidade futuros.
Vitaminas, Degradação química, Armazenamento acelerado, HPLC, Método de isoconversão, Lei de Arrhenius

Novembro 29, 2016, 13:0

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

Peter Dybdahl Ollendorff Hede

BASF A/S

Doutor

ORIENTADOR

José Monteiro Cardoso de Menezes

Departamento de Bioengenharia (DBE)

Professor Associado