Dissertação

Development of production processes for new-to-nature biosurfactants EVALUATED

Durante décadas, os microrganismos têm sido conhecidos como produtores de surfactantes, uma das mais importantes classes de produtos químicos produzidos a granel. No âmbito das atuais preocupações ambientais, estes biosurfactantes têm vindo a ganhar interesse devido à sua reduzida toxicidade e excelente biodegradabilidade. Consequentemente constituem uma alternativa válida aos seus homólogos derivados do petróleo. A levedura Starmerella bombicola é capaz de produzir soforolípidos e através da sua manipulação genética é possível criar novos biosurfactantes como glucolípidos e “bolaform” soforolípidos ou aumentar a biossíntese de uma molécula específica, ao invés da mistura produzida pela estirpe wild type. As novas estirpes e moléculas possuem características desconhecidas logo, novos processos de produção foram estudados, envolvendo fermentação e purificação. A eficiência destes processos foi avaliada através de HPLC-ELSD. A purificação dos soforolípidos lactónicos foi feita recorrendo a um processo “verde”, compreendendo uma lavagem dos cristais com água destilada na qual foram necessários 8 ciclos, resultando num produto final com um grau de pureza de 94% e num rendimento de 98%. Adicionalmente, desenvolveu-se um método alternativo e rápido para quantificação de “bolaform” soforolípidos usando o reagente de anthrone, tendo sido comparado com um o método do fenol.
Starmerella bombicola, soforolípidos, glucolípidos, “bolaform” soforolípidos, fermentação, purificação

Outubro 27, 2014, 16:0

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

CO-ORIENTADOR

Sophie L.K.W. Roelants

Faculty of Bioscience Engineering, Ghent University

Doctor

ORIENTADOR

Nuno Gonçalo Pereira Mira

Departamento de Bioengenharia (DBE)

Professor Auxiliar