Dissertação

Development of a model for the calculation of the CER in a RAMOS device EVALUATED

Os shake flasks são um meio eficaz e de baixo custo de efectuar culturas celulares de relevância industrial, sendo por isso muito utilizados em pesquisa. O aparelho RAMOS (Respiratory Activity MOnitoring System) permite a monitorização online das taxas de transferência de oxigénio e de dióxido de carbono (OTR e CTR, respectivamente) de culturas celulares em shake flasks, fornecendo informação de processo mais aprofundada. Outro parâmetro importante em respirometria é a taxa de produção de dióxido de carbono (CER). Dada a elevada solubilidade do CO2 e as reacções dependentes do pH em que está envolvido, a CER e a CTR podem apresentar uma diferença significativa. Neste trabalho, desenvolveu-se um modelo para o cálculo da taxa de produção de CO2 num aparelho RAMOS, tendo a pressão parcial de CO2 no headspace e o pH do meio como variáveis de input. O modelo não foi validado; no entanto, o modelo conseguiu prever um quociente respiratório (CER/OTR) razoável para culturas de E. coli pRSet eYFP-IL6 em meios TB e TB-glucose, e numa cultura de E. coli JM109 em meio LB-glycerol, indicando o potencial do modelo para futuro desenvolvimento.
Respirometria, Ramos, Taxa de produção de dióxido de carbono, shake flask, monitorização de bioprocessos

Dezembro 5, 2014, 9:0

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

CO-ORIENTADOR

Andreas Schulte

RWTH Aachen

Especialista

ORIENTADOR

Pedro Carlos De Barros Fernandes

Departamento de Bioengenharia (DBE)

Colaborador Não Remunerado Docente