Dissertação

Development and Optimization of a Polymer Microfluidic System for Magnetic Cell Capture EVALUATED

O objetivo desta tese é desenvolver um dispositivo portátil microfluidico capaz de detetar fluorescentemente muito baixas concentrações de células, dentro dos limites legislados para a água nas praias (1 - 10 células  por ml). E. coli K12 geneticamente modificada para produzir GFP foi capturada com uma eficácia de 99 % usando separação imunomagnetica (IMS). Partículas superparamagneticas com 1 micrometro e 250 nm, funcionalizadas com um anticorpo primário e testadas com BSA, foram usadas para executar a IMS. Foi construída uma plataforma para analisar as bactérias imunomagneticamente separadas usando um caudal de 0.5 ml per  min. Uma matriz de pequenos magnetos permanentes de Nd-Fe-B organizados num padrão tipo tabuleiro de xadrez com direções de magnetização alternadas para cima e para baixo foi encapsulada sob uma câmara microfabricada. O campo magnético forte da matriz de magnetos permitiu o uso de um caudal relativamente elevado. A deteção de E. coli no chip foi conseguida com sucesso e apesar de ainda ser necessário o desenvolvimento de uma estrutura microfluidica para o passo de mistura, tudo leva a crer que é possível construir um dispositivo portátil altamente sensível, baseado na IMS e num método de deteção por fluorescência.
Microfluídica, Separação Imunomagnética, anticorpos, E. coli, Água do mar.

Outubro 22, 2014, 9:0

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

CO-ORIENTADOR

Pedro Nunes

Technical University of Denmark

Doutor

ORIENTADOR

Duarte Miguel De França Teixeira dos Prazeres

Departamento de Bioengenharia (DBE)

Professor Associado