Dissertação

Brewery wastewater treatment by microalgae using closed bubble-column photobioreactors EVALUATED

A capacidade das microalgas em obter elevadas produtividades em biomassa e lípidos em conjunto com a possibilidade de utilizar os nutrientes de águas residuais e CO2 de emissões gasosas pode ajudar a reduzir os impactos ambientais e custos de cultivo. O principal objetivo do trabalho foi avaliar o crescimento e o tratamento de águas residuais duma indústria cervejeira utilizando a microalga Scenedesmus obliquus, em fotobiorreactores tipo coluna de bolhas, nos modos batch (5 L) e contínuo (6 L). Foram testados sete tempos de residência ( t ) : 1,72; 2,26; 3,85; 5,58; 7,55; 9,46 e 11,80 dias. As culturas em batch e com taxa de diluição D = 0.26 dia-1 (t = 3,85 dias) apresentaram o tratamento da água mais eficiente. Na produção em batch, foi obtida uma remoção de 75% para o azoto total Kjeldahl, 40% para o fósforo e 70% para a carência química de oxigénio (CQO). Por outro lado, com taxa de diluição de 0,26 dia-1, taxas de remoção de CQO e azoto ligeiramente superiores foram conseguidas (74 e 76%, respectivamente), mas a remoção de fósforo não foi tão eficiente (23%). Excepto para D = 0,58 dia-1 (t = 1,72 dias), o efluente tratado mostrou valores concordantes com a legislação ambiental (decreto-lei 236/98) para descarga em águas naturais receptoras. A taxa de diluição D = 0,26 dia-1 também apresentou a maior produtividade em biomassa (224,30 ± 22,99 mg/(L.dia)), o maior conteúdo proteico na biomassa (50.09%) e a maior percentagem de viabilidade celular (92,33 ± 0,53%).
Fotobiorreactor, tratamento de águas residuais, indústria cervejeira, crescimento da biomassa, Scenedesmus obliquus

Junho 24, 2016, 10:0

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

Alberto José Delgado dos Reis

Laboratório Nacional de Energia e Geologia (LNEG)

Doutor

ORIENTADOR

Helena Maria Rodrigues Vasconcelos Pinheiro

Departamento de Bioengenharia (DBE)

Professor Auxiliar