Dissertação

Safety and Consumer Handling of Lettuce in the Belgian Consumer Market EVALUATED

Nas últimas décadas, foi verificado um aumento significativo do número de surtos epidémicos de origem alimentar relacionados com vegetais frescos como veículo de transmissão de microorganismos patogénicos. Entre estes, destacam-se Campylobacter spp., Salmonella spp., Listeria monocytogenes e Escherichia coli O157:H7, por serem os mais frequentemente registados. Este trabalho teve como objectivo a análise de factores de risco para contaminação com estes microorganismos, com um especial foco no papel desempenhado pelo consumidor. Deste modo, foi executado um teste de prevalência dos patogéneos referidos, assim como uma enumeração de indicadores de higiene (coliformes totais e Escherichia coli), em amostras de alface fresca recolhidas de diferentes cenários de retalhistas para estabelecer uma comparação entre estes. No estudo do efeito de padrões de consumo e práticas de manuseamento, foi analizado um questionário realizado entre consumidores provenientes da Bélgica e de Espanha. Adicionalmente, foi realizada uma avaliação de exposição para calcular a probabilidade de consumo de porções de alface infectadas na Bélgica. Neste estudo, a prevalência de patogéneos determinada nas amostras recolhidas foi relativamente baixa: 0/150 para Campylobacter spp., Salmonella spp. e Escherichia coli O157:H7 mas 3/150 para Listeria monocytogenes. Em relação ao comportamento do consumir, foi registada uma tendência preocupante de percentagens consideráveis de consumidores que não respeitam as normas de segurança alimentar, especialmente no caso de práticas de armazenamento. Este facto leva à conclusão de existir uma elevada necessidade de sensibilização do consumidor em relação à importância do seu papel na manutenção da segurança alimentar dentro do seu lar.
segurança alimentar, alface, padrões de consumo, práticas de manuseamento, comportamento do consumidor, avaliação de exposição

Outubro 31, 2014, 9:30

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

CO-ORIENTADOR

Mieke Uyttendaele

Ghent University – Faculty of Bioscience Engineering

Professor

ORIENTADOR

Ana Cristina Anjinho Madeira Viegas

Departamento de Bioengenharia (DBE)

Professor Auxiliar