Dissertação

The effect of mechanical loading on the viability of skeletal muscle cells EVALUATED

Lesões profundas são uma doença muito comum em pacientes com mobilidade reduzida em hospitais e casa de repouso. Estas lesões surgem em tecido muscular junto de zonas de ossos proeminentes provocadas por acumulação de pressão. As causas para o aparecimento destas lesões ainda não se encontram bem conhecidas. Para este estudo foi criado e desenvolvido um sistema para pressionar células e medir os seus efeitos. Este sistem foi montado num microscópio para permitir a visualização das células. Células C2C12 mioblastos foram escolhidos para servir de modelo para células musculares. Foram aplicadas nas células, duas forças de compressão de valores diferentes: 3N e 0,13N. Quando pressionadas com 3N a area total das células aumentou para um maximo de 38% e todas as células se encontravam mortas ao fim de 45 minutos. Quando a força de compressão foi de 0,13N a area total das células aumentou para um maximo de 11% e todas as células de encontravam mortas passadas 3h. As células quando não pressionadas demoram mais de 8h a morrer. Pode-se assim concluir que a deformação das células é causa de morte celular e que existe uma relação entre a força de compressão inicial, a deformação celular e morte celular. Desta forma pode-se afirmar que a deformação fisica das células causada por compressão pode ser a causa de lesões profundas que levam a formação de ulceras de pressão.
deformação celular, compressão, células musculares, ulceras de pressão

Junho 17, 2014, 9:30

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

CO-ORIENTADOR

Cristian Pablo Pennisi

Aalborg University

Professor Associado

ORIENTADOR

Cláudia Alexandra Martins Lobato da Silva

Departamento de Bioengenharia (DBE)

Professor Auxiliar