Dissertação

Valorização da polpa de alfarroba num conceito integrado de Biorrefinaria EVALUATED

O objectivo da presente dissertação foi averiguar a rentabilidade de uma unidade industrial de aproveitamento da polpa de alfarroba triturada, num conceito integrado de biorrefinaria. A produção de fibra dietética e de um extracto fenólico antioxidante por extracção supercrítica do resíduo proveniente da produção de bioetanol a partir daquela matéria-prima, visa a valorização integrada e sustentável deste subproduto, melhorando a rentabilidade económica dos produtos bioenergéticos. Concluiu-se que para uso total da produção nacional anual de aproximadamente 40,5 kton de polpa de alfarroba triturada é necessário um investimento total na ordem dos 169 milhões de euros, a recuperar em 4 anos, atingindo-se uma produção anual de produto misto (fibra + extracto fenólico) de 12,5 kton com um preço de venda estimado de 40€/kg. Apesar do elevado investimento proposto, este estudo demonstra o potencial da utilização da polpa de alfarroba como matéria-prima para uma biorrefinaria em Portugal.
polpa de alfarroba triturada, biorrefinaria, bioetanol, extracção supercrítica, antioxidantes, compostos fenólicos

Novembro 25, 2013, 9:30

Documentos da dissertação ainda não disponíveis publicamente

Orientação

CO-ORIENTADOR

Maria Luísa Ostra Bivar Weinholtz Roseiro

Laboratório Nacional de Energia e Geologia, I.P. - Unidade de Bioenergia

Investigador Auxiliar

ORIENTADOR

Helena Maria Rodrigues Vasconcelos Pinheiro

Departamento de Bioengenharia (DBE)

Professor Auxiliar